A Aldeia Numaboa ancestral ainda está disponível para visitação. É a versão mais antiga da Aldeia que eu não quis simplesmente descartar depois de mais de 10 milhões de pageviews. Como diz a Sirley, nossa cozinheira e filósofa de plantão: "Misericórdia, ai que dó!"

Se você tiver curiosidade, o endereço é numaboa.net.br.

Babel dos Garranchos

Escrevendo com hieróglifos *

Qua

9

Mar

2005


17:29

(235 votos, média 4.20 de 5) 


Ao contrário do que muitas pessoas pensam, os hieróglifos não são apenas ideogramas. Na verdade, os hieróglifos também são símbolos fonéticos com os quais é possível escrever textos em qualquer idioma.

Sem vogais

Os egípcios da Antiguidade usavam os hieróglifos de uma forma que para nós pode parecer estranha, mas que na época acompanhava a tendência da região mesopotâmica de omitir as vogais. É isso mesmo, escrevia-se usando apenas as consoantes... o leitor é que se encarregava de colocar as vogais necessárias!

Aliás, com a Internet, esta tendência parece estar ressuscitando. É comum receber emails onde o remetente usa apenas consoantes para abreviar algumas palavras na sua mensagem. A mais interessante que encontrei foi KBLO que, lendo-se usando o nome das letras, nada mais é do que CABELO.

Pois bem, com os hieróglifos a coisa não é muito diferente. As palavras devem ser preparadas seguindo algumas regrinhas básicas:

  1. Escrever as palavras como elas são pronunciadas. Por exemplo, "fixo" se transforma em "ficso" ou "fikso" e "quase" é mudado para "cuasi" ou "kuasi".
  2. Substituir os "s" com som de "z" pela letra Z. Assim, "quase" fica "cuazi" ou "kuazi".
  3. Remover todas as letras repetidas e os "h" mudos. "Carro" se transforma em "karo", "passo" em "paso" e "homem" em "omen".
  4. Transformar os dígrafos "ch" em "x", "lh" em "li" e "nh" em "ni". Por exemplo, "chuva" fica "xuva", "milho" muda para "milio" e "canhoto" se transforma em "kanioto".
  5. Depois de todas as possíveis transformações anteriores, retirar as vogais, uma de cada vez, verificando se a nova palavra ainda guarda o sentido da original. Assim, "canhoto", que já pode ser mudado para "kanioto", não perde o sentido se for escrito "knioto". O nome "Maria" também pode ser escrito como "Mria", "Pedro" com "Pdro", e assim por diante.

Depois desta preparação, é só trocar as letras pelos seus equivalentes hieroglíficos para obter um resultado surpreendente. Se você quiser ver como a coisa funciona, divirta-se com O ESCRIBA DO FARAÓ.

O Escriba do Faraó




Significado:


Antes de utilizar, aguarde carregar todos os gráficos.

Informações adicionais